Movimento

Boa tarde, meninas lindas!
Vou contar hoje de um desejo que realizei depois do 35 anos! kkkkk!
APRENDER A PATINAR!
Eu sempre quis ter patins quando criança, mas meu pai, zeloso ao extremo, nunca deixou. Dizia que eu quebraria uma perna ou a cabeça…afff…kkkk
O tempo passou…e sempre incentivei minhas filhas. As duas patinam, mas a mais nova, a Mabê, de 7 anos, dá show. E aprendeu sozinha, sem nunca ter tido uma aula.
Foi então que elas me deram de presente esse ano…PATINS!!!!!!
Achei que não fosse conseguir parar em pé neles…mas…consegui!!!!

pat

 

 

 

 

 

 

 

 

E adivinha quem foi minha professora e maior incentivadora?

Minha filhota!

patins
Até no gelo eu consegui!

 

 

 

 

 

 

 

E olha o que meu professor de musculação Kleber me contou sobre a patinação:

Além de contribuir para a melhoria da coordenação motora e do equilíbrio, o exercício muscular é um dos principais benefícios da prática, que também ajuda a queimar calorias. A perda de gordura acontece porque patinar é uma atividade aeróbica. Você faz esforço e seu metabolismo acelera, possibilitando a queima. A patinação é importante, também, para mover membros superiores e inferiores. O movimento promove a Resistência Muscular Localizada. Com o tempo, a musculatura de algumas das regiões mais envolvidas, como a panturrilha, o abdome, as pernas e os braços, fica mais definida. E trinta minutos ininterruptos da prática podem queimar até 430 calorias!!!!

Para a patinação amadora, duas modalidades se destacam e podem ser feitas em quadras lisas e ciclovias:

Freestyle — O chamado estilo livre, possibilita andar de costas, em velocidade, saltar e girar.

Slalom — A técnica consiste em realizar manobras em torno de uma fileira de cones com distâncias que variam entre 1,2m, 0,8m e 0,5m.