Aventura

A cada ano, o “Dia das Bruxas” vai se tornando mais popular no Brasil. Mas muitos ainda acreditram que a festa tem ligação com alguma religião ou crença. Minhas filhas estudam em uma escola americana e por lá se comemora essa data com muita diversão. Para esclarecer os pais (principalmente os brasileiros…), a escola sempre nos manda a história de como começaram as festas de Halloween. E detalhe: a festa NÃO TEVE origem nos Estados Unidos. Vamos lá:

O nome “Halloween” é uma contração do termo “All Hallow’s Eve”, que significa “véspera de todos os santos”, no inglês antigo.

Existem várias explicações para a sua origem, sendo uma delas o dia de Samhain, uma celebração celta. E, de fato, muitas das tradições que celebramos no Halloween vieram da cultura celta e gaélica. Samhain, que significa novembro, em irlandês, representa o fim do verão e do período de colheita no calendário celta.

Os celtas acreditavam que Samhain era a ligação entre os vivos e os mortos, quando os espíritos dos vivos poderiam se misturar com os espíritos dos mortos. Também é dito que esta festa representava uma celebração das pessoas falecidas desde o último Samhain( ou desde o último ano). Todos os anos, os mortos eram celebrados. Na esperança de guiar os espíritos de seus entes queridos para o seu lugar de descanso, grandes fogueiras eram acesas!

fire

 

 

 

 

 

Mas acreditava-se, também, que os espíritos dos mortos eram perigosos e poderiam passar para a terra dos vivos, praticando truques maldosos. Para impedir os espíritos de fazerem maldades, os vivos começaram a se vestir com fantasias, máscaras, capas, chifres e etc, a fim de enganar os espíritos como se eles fossem um deles! Ou seja, se vestir de bruxa, demônio, fantasma…seria uma forma de REPELIR os maus espíritos!

bu

 

 

 

 

 

 

Na segunda metade do século XIX, houve uma grande migração irlandesa para os Estados Unidos e eles levaram  suas tradições.

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

 

 

Interessante, né!

Happy Halloween!