AventuraEstilo

Sim! Chegamos aos 15 anos de casamento nos amando, desejando e admirando!

Chegar aos 15 anos de casamento amando, desejando e admirando o parceiro(a) não é fácil. Mas se o motivo da união foi realmente o amor, literalmente na alegria e na tristeza, certamente o casal consegue. Quantas tristezas, dúvidas, economias…eu e o Fábio passamos até aqui!

Quem nos conhece sabe que a gente não teve festa de casamento. Nem casamento, nem lua de mel. Preferimos juntar nosso suado dinheiro para comprar nosso primeiro apartamento. Com muito trabalho, dedicação e perseverança, nunca duvidamos que um dia teríamos nossa família. E realizaríamos todos os nossos sonhos! Sim, hoje a gente vive exatamente como planejou há mais de 15 anos.

Essa ” tática” de trabalhar bastante, guardar e investir dinheiro enquanto se está na casa dos 20 e 30 anos é infalível. Todos nós precisamos de momentos de lazer, isso é bem óbvio. Mas tudo que precisei privar da minha vida devido ao excesso de trabalho e investimento financeiro ( seja no banco, em imóveis, em terrenos…) fazem de mim hoje uma mulher jovem e independente, sem mais ter que trabalhar 14 ou 15 horas por dia e nem me preocupar com meu futuro financeiro.

Alguns chamam isso de sorte. Outros, dizem que o dinheiro vem do meu marido ou do meu pai. Mas meu marido, que até hoje é meu parceiro de trabalho, sabe o quanto já passamos para chegar onde chegamos. E nenhum de nós têm vergonha de dizer que, quando eu estive sem trabalho, ele segurou tudo sozinho. E, quando ele começou a trabalhar por conta própria, a responsável por ” bancar ” a casa fui eu. E por alguns anos…

” Deus ajuda” quem ” se ajuda”. Isso é fato!

No começo do texto, falei da admiração ao parceiro (a). Ahh! Se essa morre, pode ter certeza que a união morre também. A beleza influi, sim! Mas quem nunca teve asco de gente bonita e “ôca”? Gente que depende financeira e/ou emocionalmente do parceiro (a)? Gente fútil…( se te sobra dinheiro, faça um trabalho voluntário!)… gente sem conhecimento ( existem váaaarioooossss cursos ótimos e gratuitos por aí….), enfim… quando o assunto é amor de verdade, a beleza não importa tanto. Eu gosto de me cuidar e os resultados disso são visíveis. Claro que o Fábio gosta. Mas com o tempo fui aprendendo que ele me admira muito mais pela parceria. Por saber que pode contar comigo para o que der e vier. Por saber que se precisar de um abraço, um conselho, dinheiro, carinho e até broncas necessárias… eu darei. E que eu não entro em nada para fazer mais ou menos. Que batalho até o final! E, então, a gente batalha junto!

E foi fazendo essa retrospectiva que decidimos comemorar nossos 15 anos morando debaixo do mesmo teto. E fazendo o que a gente mais ama: viajar! E para o destino que nos encanta cada dia mais: montanha e neve! Lembre-se sempre: comemore a vida da maneira que VOCÊ ama, não da maneira que OS OUTROS gostariam que fosse…

Outro coisa que nos privamos muito foi viajar sem nossas filhas. Devido ao grande volume de trabalho e, principalmente, porque sempre dependemos de funcionários para cuidar delas enquanto estávamos trabalhando. E, de todo coração: A GENTE NÃO SE ARREPENDE! Nossas filhas já viajaram par vários lugares por aí ( até destinos nada apropriados para crianças…) e amaram!! E essa parceria faz com que elas sejam nossas amigas, confidentes e com a cabeça aberta para o mundo! Nenhuma das duas pretende estudar, trabalhar, morar no Brasil quando adultas…e eu, particularmente, acho ótimo! Rs

A idéia de comemorar viajando nossos 15 anos casados foi minha. Eu comprei nossas passagens para Barcelona, Espanha. E disse: ” vamos esquiar mais um pouquinho?” ( a gente tinha voltado do Alasca há 1 mês…rs). Ele ficou surpreso, mas achou o máximo! ( lembra da história da admiração?) E ainda fiz um roteiro bem inusitado para apenas 9 dias: Saímos de São Paulo, com destino à Miami. Passamos o dia na praia. De lá, seguimos para Barcelona. Passamos o dia lá! Alugamos um carro e fomos para Andorra ( um principado liiiindo e cheio de neve no inverno, bem perto da Espanha). Ficamos 5 dias por lá. Ainda passamos um dia em Foix, na França ( a França também está pertinho de Andorra). Voltamos para Barcelona e seguimos para Nova Iorque, para fechar com chave de ouro nossas comemorações. Na verdade, passamos mesmo na loja da Disney, para comprar presentes par as filhotas e buscar algumas váaaariasssss encomendas para…elas!!!! kkkkk

No próximo post, vou contar detalhes da nossa viagem! Em Andorra não tem impostos, é maravilhoso para compras! Além das várias pistas de esqui!!

 

Junte-se à discussão

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *