Aventura

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Inglaterra. Mas precisam de autorização!

Bom dia, meninas!

Um amigo me perguntou quais as facilidades e dificuldades para entrar na Inglaterra. Segue, então, algumas infos para ajudá-lo e ajudar a quem precisar, também.

Turistas brasileiros não precisam de visto, mas devem se precaver, reunindo alguns documentos a fim de passar mais tranquilamente pela imigração.

Para entrar no Reino Unido, mesmo vindo de um país europeu, você terá de passar pela imigração. Neste post, reunimos informações relativas ao visto de visitante e a documentos necessários para tornar mais tranquilo este processo, motivo de muita preocupação para algumas pessoas.

As informações são válidas para quem possui um passaporte brasileiro e se referem à categoria de Visitante Geral (“General Visitor”). O visto para visitante geral é concedido pela autoridade da imigração na sua chegada ao Reino Unido.

Para ser considerado como visitante geral, é preciso provar que você:

  • tem mais de 18 anos;
  • pretende permanecer no Reino Unido por, no máximo, 6 meses, sem trabalhar ou estudar;
  • tem intenção de deixar o Reino Unido após sua visita;
  • tem recursos suficientes para se hospedar e se manter, sem ter que recorrer ao trabalho ou aos cofres públicos; ou que será sustentado por familiares ou amigos.
  • tem recursos para cobrir os custos de sua viagem de volta ou de continuação
  • passaporte válido por no mínimo 6 meses (embora não seja uma exigência oficial, parece ser a prática aceitável)
  • Caso seja estudante, você poderá levar uma declaração da escola ou faculdade em papel timbrado, comprovando que você está devidamente matriculado e que está de férias. Os outros documentos serão do seu responsável e responsável pelas custas da viagem.
  • Caso seja empresário, você poderá levar o contrato social ou registro da empresa, confirmando que você é sócio e a data de início do negócio.
  • Condição financeira: Leve extrato bancário e a última declaração do seu imposto de renda ou do seu responsável ( se você for menor de idade). Os agentes da imigração podem, também, perguntar quanto você tem em dinheiro (em espécie e/ou travellers cheques), quantos cartões de crédito, pré-pagos, etc. Eles poderão pedir para ver o dinheiro (e até contar!) e os cartões/travellers cheques, por isso, não é uma boa ideia mentir. Aliás, mentir é a pior ideia em qualquer circunstância, pois eles são muito bem treinados para detectar mentiras.
  • Uma dica preciosa é você mostrar a confirmação de reserva de hotel (a cópia enviada por e-mail é suficiente), ou carta do morador do local onde você se hospederá, afirmando que você poderá se hospedar lá. E a confirmação da passagem aérea de volta ou de continuação para fora do Reino Unido (e-mail ou cópia da passagem)
  • Se possuir qualquer ingresso para atrações, museus, teatros, comprovante de reservas de tours ou excursões que você tenha feito diretamente ou através de uma agência, vai ajudar bastante.

Você receberá no avião/navio/trem um formulário de desembarque, Landing card, que deve ser preenchido antes de você passar pela imigração. Caso não tenha recebido o formulário, há cópias disponíveis na área da imigração. Neste formulário é pedido: nome, sobrenome, data e local de nascimento, sexo, nacionalidade, ocupação atual, dados do passaporte e de sua viagem (tempo de permanência no RU, último porto/aeroporto, número do vôo/trem/navio). É também pedido um endereço de contato completo no Reino Unido, que deve ser preenchido com os dados do hotel / acomodação em que for se hospedar durante a maior parte da sua  viagem. Não se esqueça de assinar o formulário.

Documentos necessários para imigração no Reino Unido - landing card

Com o Landing Card preenchido, seu passaporte e uma pastinha muito organizada com todos os documentos acima, você se dirige à fila da imigração para cidadãos que não têm passaporte britânico ou de países membros da União Europeia e aguarda ser chamado pelo agente.

Na sua vez, entregue o passaporte e o landing card, aguarde que o agente escaneie e verifique as informações e esteja pronto para responder às perguntas que ele fizer. Estas perguntas são diretas e se referem ao propósito da sua viagem e aos recursos de que dispõe para a viagem (quanto dinheiro, cartões de crédito, etc.).

O agente poderá fazer, também, uma ou outra pergunta que comprove o que você declarou. Eles normalmente são pacientes e educados e procuram se fazer entender da melhor forma possível. Se você não conseguir entender ou responder às perguntas em inglês, há intérpretes para, em último caso, auxiliar no processo.

Para estudantes

Se você vai estudar por até 6 meses,  não precisa de visto. Agora, se seu curso for ultrapassar este tempo, é preciso dar entrada no visto de estudante. Para cada coisa que você precise fazer na Inglaterra, há um visto diferente. Ao todo, são 5 tipos de visto. Dentre estes, há o tier 4, este é o nome do visto de estudante por lá.

Dentro do Tier 4 há ainda 3 tipos de vistos: Tier 4 (crianças) é essencial para você que tem entre 4 e 17 anos; Tier 4 (geral) é para quem tem mais de 16 anos e vai à Inglaterra rumo a educação superior ou continuada e Prospective Student Visa, um tipo de visto que cabe direitinho se a sua intenção for estudar na Inglaterra com o visto Tier 4, mas ainda não preencheu todos os requisitos para a admissão no curso. Quem tem visto Tier 4 pode trabalhar de 10 a 20 horas por semana, durante o período letivo e em tempo integral no período de férias.Você pode tirar seu visto de estudante para a Inglaterra até 3 meses antes do início do curso. Mas, o ideal é que tire o quanto antes, para evitar correria próximo a sua viagem. Além disso, é preciso estar com a carteira de vacinação atualizada, ter documentos que comprovem a sua situação financeira e qualificações, passar por uma entrevista e por um teste biométrico e fazer um teste de proficiência em inglês.O site do consulado britânico em São Paulo vai ajudar bastante se você ainda tem mais dúvidas e para saber QUAIS FORMULÁRIOS precisa preencher para seu visto de estudante ou trabalho na Inglaterra.
https://www.gov.uk/government/world/organisations/british-consulate-general-sao-paulo.pt
Para saber como trabalhar na Inglaterra, além do site do consulado, esse abaixo é bem legal e tem informações ótimas:
http://www.educationuk.org/brasil/articles/work-visas/
mae
Minha mãezinha, que hoje mora no céu, se divertindo em viagem que fizemos pela Inglaterra ( ela está na frente do Palácio de Buckingham)
canal
Eu, no navio onde atravessamos o Canal da Mancha

One comment

Junte-se à discussão

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *