Estilo

Gripe ou resfriado? As doenças são diferentes e exigem tratamentos adequados!

Quando eu era criança, bastava eu espirrar que minha avó já falava: “ihhhh! É gripe!” rs. No dia seguinte, ela me encontrava e dizia: ” melhorou do resfriado?” kkkk

Hoje em dia, com a facilidade em relação às informações, não dá mais para ignorarmos que gripe e resfriado são doenças distintas. Ambas são causadas por vírus, mas VÍRUS DIFERENTES. Gripe é gripe. Resfriado é resfriado. Mas existem muitas semelhanças entre elas. Olha só:

-Ambas são causadas por vírus.
-Ambas são transmissíveis de uma pessoa para outra e a forma de contato é semelhante.
-São infecções comuns
-Podem causar tosse, espirros, coriza.

Então, COMO DISTINGUIR GRIPE DE RESFRIADO?

O resfriado não costuma provocar febre (mas em crianças pequenas, pode). Na gripe, a febre é comum e costuma ser acima de 38ºC( nas crianças, principalmente)

Na gripe, o paciente apresenta-se mais abatido, com dor de cabeça e, frequentemente, com dor nos músculos e articulações. No resfriado, o paciente tem tosse, espirros, nariz escorrendo. Mas encontra-se mais disposto.

Atenção nessa tabela PERFEITA que encontrei e explica muito bem as diferenças e semelhanças:

(fonte: www.mdsaude.com › Doenças infectocontagiosas)

Caraterísticas Resfriado Gripe
Tipo de vírus Rinovírus, na maioria dos casos. Mas também pode ser causado por Adenovirus, vírus sincicial respiratório, coronavirus, parainfluenza, entre outros. São causados pela família do vírus Influenza. Alguns víru dessa família causam a H1N1
Febre Pouco comum nos adultos, mas frequente em crianças pequenas. Costuma ser baixa. Muito comum, geralmente acima de 38º. Em crianças, a febre pode passar dos 40ºC.
Dor de cabeça Raro. Muito comum.
Dores pelo corpo Raro, quando presentes são leves. Comum e habitualmente bem incômodas.
Coriza nasal Muito comum. Pode haver ou não.
Espirros Muito comum. Pode haver ou não.
Dor de garganta Muito comum e surge habitualmente já no primeiro dia de doença. Pode haver ou não.
Fraqueza Pouco comum. Muito comum e pode durar vários dias.
Tosse Tosse seca leve a moderada. Comum, pode haver expectoração.
Tempo de incubação 24 a 72 horas. 24 a 96 horas.
Duração da doença 3 a 7 dias na maioria dos casos, mas em 1/4 dos pacientes, a doença persiste por até 14 dias. 2 a 5 dias, mas a tosse e o cansaço podem durar semanas para desaparecer.
Período contagioso Inicia-se 12 a 24 horas após o primeiro contato com o vírus, mas o pico ocorre entre o 2º e 4º dias de sintomas. Inicia-se 12 horas após o primeiro contato com o vírus, mas o pico ocorre entre o 1º e 6º dias de sintomas.
Abertura do quadro Piora gradual ao longo dos 2-3 primeiros dias. Início súbito, com pico dos sintomas em poucas horas.
Complicações comuns Otite média e sinusite. Otite média e pneumonia.

fonte:

www.mdsaude.com › Doenças infectocontagiosas

 

Junte-se à discussão

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *