Movimento

A máxima antiga que dizia que criança gordinha é criança saudável nunca foi uma verdade. Enquanto os índices mostram a redução da desnutrição no Brasil, o número de crianças acima do peso vem aumentando. Segundo a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, o último material realizado pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde, uma em cada três crianças de 5 à 9 anos está acima do peso. E mais: de acordo com a pesquisa Vigitel ( Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, realizada pelo Ministério da Saúde, em 2014) mais de 50% da população adulta que vive no Brasil está com EXCESSO de peso.

O fator apontado como grande responsável pelo sobrepeso em crianças é o ambiente alimentar. 60% das crianças brasileiras com menos de dois anos comem biscoitos, bolachas e bolos. E 30% delas tomam refrigerante e sucos artificiais. Desta forma, a criança com excesso de peso tem mostrado, inclusive, alteração nos exames de sangue, como colesterol e triglicerídios, por exemplo.

Sempre conversei com o Dr. Nelson Ejzembaum, pediatra das minhas filhas, e ele sempre afirmou: a obesidade infantil está muito mais associada a comportamentos do que a determinantes genéticos.

Devemos proibir terminantemente as crianças de comer essas porcarias? Não é preciso ser tão radical. Não ter em casa biscoitos, chips e afins, por exemplo, já ajuda muito. Mas, quando a família sai para um passeio, pode permitir que o filho coma alguns desses alimentos. Isso faz com que diminua muito a quantidade ingerida e os pedidos insistentes para, em casa, trocar o prato de comida por uma gostosura doce ou salgada.

Retirar o alimento “tentação” da frente da criança e distraí-la para que ela não fique focada no que queria comer mais costuma funcionar. E ensinar a criança a identificar seu índice de saciedade, também.

Comprar futas saborosas, comer junto com os filhos. Mostrar o quanto importante é ter saúde e bem estar. Deixar de lado o “mimo” e investir na melhora do ser humano que, nesse caso, é seu filho.

E lembre-se sempre: quanto antes, melhor. Reeducar é muito mais difícil do que educar.

IMG_1171
Minha família! Todos magros, saudáveis e felizes! Por aqui, boa alimentação e esportes em primeiro lugar!
Movimento

 Tablets, computadores e smartphones estão cada vez mais presentes na rotina das crianças e adolescentes. E a pergunta que tira o sono de muitos pais é: até que ponto o uso destes dispositivos eletrônicos pode ser saudável para o desenvolvimento dos filhos?

Quando utilizados da maneira correta, os eletrônicos são excelentes para estimular o desenvolvimento, a imaginação e os estudos. Porém, sempre é necessário impor limites. Eles não devem ser usados para fazer a criança parar de chorar, por exemplo. O correto é incentivar o uso saudável desses aparelhos, com desenhos educativos, jogos que estimulam os estudos e a criatividade, além da leitura de contos e histórias.

O meu professor de musculação, Kleber Tercero, é integrante da equipe brasileira de judô e dá aulas da modalidade para crianças a partir dos 5 anos e adolescentes. “É comprovado cientificamente: crianças em idade pré-escolar, que praticam exercícios regularmente, têm melhor rendimento na escola. O estudo, feito por pesquisadores do Institute for Health and Care Research, em Amsterdã, na Holanda, afirma que o aumento do fluxo de sangue e oxigênio no cérebro, propiciado pelos exercícios, ajuda no rendimento escolar. A regularidade de exercícios físicos só tem pontos positivos e vale tentar convencer as crianças que preferem ficar em casa ou em equipamentos eletrônicos a incluir o esporte na rotina semanal”, ensina Kleber.

O primeiro passo é observar a área onde a criança tem aptidão. O judoca sugere uma boa conversa com o pequeno sobre o assunto. Explicar a importância dos exercícios físicos é fundamental:

1. Com o esporte, se estabelece convivência em grupo, exercita-se a solidariedade e respeita-se os limites e regras da competição. E não há lugar para drogas.

2. O esporte deixa a criança menos individualista e mais colaboradora.

3. Estimula a ser responsável e seguir regras.

4. Canaliza o excesso de energia e a impulsividade.

5. Aumenta o respeito pelos outros.

6. Ajuda no crescimento físico.

O segundo passo é levar a criança para aulas experimentais, em escolinhas próximas de casa, para que ela tenha contato com a atividade. Tenha em mente que a criança mais agitada e comunicativa vai preferir os esportes coletivos. Futebol, vôlei, handball, basquete entram nessa lista. Se a criança for mais introspectiva, esportes individuais vão deixá-la mais à vontade e não serão “uma tortura” semanal. Balé, judô, atletismo, ginástica artística, remo, natação e tênis são boas opções.

Só não se esqueça: é essencial que a criança curta e se sinta feliz com a atividade.

Por aqui, minhas filhas fazem de tudo: patinam, esquiam, jogam basquete, volley, tênis, andam a cavalo, de bicicleta…e adoram!! E, na maioria das vezes, eu e o meu marido praticamos com elas!
IMG_2647 IMG_2518 patinar IMG_3006
Movimento

Ahhh, aquela barriga negativa!!! Quem não sonha com uma?

Mas quando o objetivo é secar a barriga, é necessário uma força-tarefa para chegar lá. Alimentação equilibrada, exercícios certos e muuuiiitaaaa força de vontade para seguir corretamente a rotina definida.

O meu professor de musculação, o personal treiner Kleber Tercero, sempre alterna o tipo de exercício abdominal que passa em meus treinos. Atualmente, estou fazendo esses aqui, cada dia um estilo:

prancha
Foto: http://www.mundoboaforma.com.br

Prancha frontal – Deite de bruços (com a barriga para baixo) e deixe os cotovelos apoiados no chão, na linha dos ombros. Faça movimento para elevar o tronco, sempre contraindo o abdômen. Durante o exercício, mantenha o corpo totalmente reto, sem levantar o bumbum ou abaixar o quadril. Permaneça no alto de 10 a 15 segundos e repita por 6 vezes. Ou permaneça no alto por 40 segundos, descanse 30 segundos e repita por 3 vezes.

elevaçãoElevação com joelhos dobrados – Essa opção é ideal para quem sofre com dores nas costas. Deitada, com a barriga para cima, flexione os joelhos em direção ao peito. Estenda as pernas de forma que os pés apontem para cima. Faça de 3 a 6 séries de 20 repetições ou turbine com 3 séries de 20 repetições + 3 séries de 30 segundos

lateral
Foto: http://www.mundoboaforma.com.br

Prancha lateral – Você vai precisar deitar de lado e ficar apoiada no braço que está encostado no chão, mais especificamente no antebraço. O braço que estiver em cima pode ficar esticado ou junto ao corpo. Deixe o corpo estendido, com as pernas retas, apoiadas no chão. Nessa posição, abaixe o quadril até chegar próximo ao chão e eleve, por 30 segundos. Faça 2 séries de 10 ou 3 de 15, dependendo da sua preparação física.

Cotovelo-joelho, mão-ponta de pé: Deitada, pernas flexionados a 90 graus, ombros fora do chão e mãos atrás da cabeça. Eleve o tronco levando os cotovelos em direção aos joelhos.Volte (sem descer totalmente o tronco) e suba o tronco novamente, ao mesmo tempo que estende os braços e as pernas e leva as mãos em direção aos pés.

3 abdominais superpoderosos para chapar a barriga em tempo recorde
Foto: http://mdemulher.abril.com.br

Regras básicas de como perder barriga

Exercícios aeróbicos – A combinação infalível para chapar barriga é unir exercícios localizados  com exercícios aeróbicos (como corrida, esteira, transport e bicicleta). O ideal é iniciar com o exercício localizado e depois partir para os aeróbicos. Isso porque, quando você inicia os movimentos, o organismo utiliza como combustível o glicogênio, uma substância armazenada nos músculos. Ao terminar os localizados e começar a caminhada, o estoque de glicogênio já estará baixo e o seu corpo precisará recorrer a outra fonte de energia: a gordura. Assim, você vai emagrecer mais rápido do que se fizesse o contrário.

Dose certa – Se você está saindo do sedentarismo para se arriscar nesses exercícios, o ideal é intervalar os dias de atividades. Faça-os dia sim, dia não. Caso já tenha um bom preparo, o ideal é fazê-los por dois dias e descansar um.

Mude a forma de fazer – Para conquistar a barriga retinha, varie o número de séries e de repetições conforme for praticando e conforme orientação do seu professor. Após alguns dias, comece a diminuir o tempo de intervalo entre os exercícios e modificar a amplitude dos movimentos.

Varie os estímulos – Mais do que o número de repetições dos exercícios, é importante realizar movimentos que trabalhem músculos distintos (reto, oblíquos e transverso). Para o corpo não se adaptar a um estímulo e deixar de secar a barriga, invista em exercícios de isometria (prancha, por exemplo) em um dia e de sobrecarga em outro.

Alimentação – ALIMENTAÇÃO REGRADA É FUNDAMENTAL. Para quem está em um treino com metas, como definição ou emagrecimento, sair da dieta proposta pelo seu nutricionista é proibido.
Movimento

Minhas filhas jogam tênis há 3 anos. E adoram!

tenis ma
Mabê, aos 5 anos, já jogava tênis!

tenis eu e ju Eu e Jujú

 

Eu jogava quando criança e até hoje brinco com minhas filhas.
Para jogar tênis, não há limite de idade.
Para as crianças, a aulas também são um estímulo para a comunicação e a sociabilização, além de trabalhar outros aspectos emocionais. A criança faz novos amigos, cria um senso de responsabilidade, começa a se interessar em treinar constantemente. A prática ainda combate o stress, a depressão e a ansiedade! Na parte física, o esporte promove a melhora da condição anaeróbica, da coordenação motora, da força, da velocidade, da flexibilidade e da resistência óssea. Além disso,  fortalece a musculatura e ajuda a emagrecer.

Outro benefício é o desenvolvimento do pensamento lógico. Durante as aulas, é preciso aprender a contagem de pontos no esporte, que exige a substituição de símbolos por números. A criança também aplica no dia a dia termos geométricos que vê em sala de aula, como paralela, cruzada e angulada, além de ver na prática tipos de força e rotações diferentes aplicadas na bola. Ainda, as aulas de tênis para crianças promovem o desenvolvimento contínuo do cérebro, já que o jogador deve estar sempre concentrado e elaborando estratégias durante o jog.

Para o professor Daniel Souza, que dá aulas para minhas filhas, “o esporte na infância é fundamental. Trabalhado de forma lúdica, além de exercitar a parte cognitiva, faz a criança criar o hábito e gosto pela pratica de atividades físicas, que geram benefícios a curto e longo prazos. O tênis é um esporte super completo, proporcionando, em meu método de ensino, a transmissão das técnicas da modalidade, exercitando várias capacidades motoras de uma forma extremamente prazeirosa e divertida e pode ser praticado dos 4 aos 94 anos (ou mais!!) !”

Daniel Souza dá aulas particulares. O emai-l dele é: dstennis@terra.com.br

IMG_2647
Mabê e o professor Daniel

 

Movimento

Boa tarde, meninas lindas!
Vou contar hoje de um desejo que realizei depois do 35 anos! kkkkk!
APRENDER A PATINAR!
Eu sempre quis ter patins quando criança, mas meu pai, zeloso ao extremo, nunca deixou. Dizia que eu quebraria uma perna ou a cabeça…afff…kkkk
O tempo passou…e sempre incentivei minhas filhas. As duas patinam, mas a mais nova, a Mabê, de 7 anos, dá show. E aprendeu sozinha, sem nunca ter tido uma aula.
Foi então que elas me deram de presente esse ano…PATINS!!!!!!
Achei que não fosse conseguir parar em pé neles…mas…consegui!!!!

pat

 

 

 

 

 

 

 

 

E adivinha quem foi minha professora e maior incentivadora?

Minha filhota!

patins
Até no gelo eu consegui!

 

 

 

 

 

 

 

E olha o que meu professor de musculação Kleber me contou sobre a patinação:

Além de contribuir para a melhoria da coordenação motora e do equilíbrio, o exercício muscular é um dos principais benefícios da prática, que também ajuda a queimar calorias. A perda de gordura acontece porque patinar é uma atividade aeróbica. Você faz esforço e seu metabolismo acelera, possibilitando a queima. A patinação é importante, também, para mover membros superiores e inferiores. O movimento promove a Resistência Muscular Localizada. Com o tempo, a musculatura de algumas das regiões mais envolvidas, como a panturrilha, o abdome, as pernas e os braços, fica mais definida. E trinta minutos ininterruptos da prática podem queimar até 430 calorias!!!!

Para a patinação amadora, duas modalidades se destacam e podem ser feitas em quadras lisas e ciclovias:

Freestyle — O chamado estilo livre, possibilita andar de costas, em velocidade, saltar e girar.

Slalom — A técnica consiste em realizar manobras em torno de uma fileira de cones com distâncias que variam entre 1,2m, 0,8m e 0,5m.

 

Movimento

Oi, meninas ! Nada é mais gostoso do que a gente ouvir do marido ( ou namorado) que nossa pele é lisinha e gostosa, né! Meu marido me fala isso toda hora e eu adoro!
Então, vou contar alguns dos meus segredos de pele que, com determinação, dá pra fazer e deixar a pele maravilhosa!
A pele do rosto, pescoço e colo precisa de constantes cuidados para manter-se perfeita o ano inteiro. O grande segredo para ter uma pele bonita e retardar os efeitos do tempo é apostar na tríade de beleza e, antes de se maquiar ou dormir, cumprir a via sacra do limpar, tonificar e hidratar.
Ter um rosto perfeito, com uma pele macia, hidratada e com uma aparência sempre jovem e saudável é bem mais fácil do que se imagina. Se você acha que é necessário ter uma prateleira cheia de cremes e fórmulas mirabolantes, esqueça tudo isso. A beleza da sua pele está diretamente relacionada às pequenas atitudes do dia a dia, como dormir pouco, não higienizar ou hidratar o rosto corretamente, entre os mais variados deslizes que, apesar de pequenos, ao longo do tempo podem fazer um estrago enorme.  Se você bebe, fuma, vive stressada e frequentemente dorme pouco, saiba que esses excessos irão comprometer a saúde da sua pele. Você pode ainda não estar vendo os malefícios, no entanto, mais cedo ou mais tarde, os efeitos irão aparecer.

Quer saber o que fazer para manter o rosto jovem por um pouco mais de tempo? Veja abaixo os três itens essenciais que não podem ficar de fora da sua rotina de beleza diária. Então, já sabe, nada de preguiça, mesmo  quando chegar em casa cansada ou acordar em cima da hora.

1. Limpar – para ter uma pele saudável é recomendado caprichar na limpeza e higienizar o rosto da maneira correta. Isso garante a remoção de células mortas, resíduos de produtos e excesso de oleosidade. Não use sabonetes convencionais nessa região, normalmente eles são muito mais concentrados em hidratação ou com agentes de limpeza mais agressivos, o que pode acabar desequilibrando a região, provocando descamação ou até mesmo ressecamento excessivo da pele, que pode originar o aparecimento prematuro de linhas de expressão.

O rosto deve ser lavado, no máximo, duas vezes ao dia, pela manhã e à noite. Lavar muito faz a pele produzir sebo. Para evitar possíveis agressões, seque-o com uma toalha macia, pressionando-a sobre a pele, sem esfregar.

 2. Tonificar – tonificar a pele é um processo que deve ser realizado todos os dias, a fim de retirar os resíduos que possam ter ficado no rosto mesmo após a limpeza. Mas não para por aí, o tônico também faz com que os poros voltem a seu tamanho normal.

Para tonificar o rosto, aplique o produto com algodão. Eu adoro o Deep Clean, da Neutrogena.

3) Hidratar – com o rosto limpo e seco, chegou a hora de hidratar e proteger a pele. Se a sua é muito seca, escolha um creme de tratamento apropriado. Já para quem sofre com a pele oleosa, as águas termais garantem uma hidratação suave e controle oleosidade do rosto.

À  noite, eu intercalo ácido retinóico(com hidroquinona, quando a pele está muito manchada), com o creme hidratante para rosto da linha Pro-correct, da ROC, o Concentré Anti-Rides Régénérant ou o com o Multi Correxion, também da ROC. Pra dar uma variada e a pele não acostumar, tem época que uso o Regenerist micro-sculpting cream, da OLAY. PASSAR NO PESCOÇO E NO COLO TAMBÉM! Lembre-se do ADVANCED PIGMENT CORRECTOR, da SkinCeuticals, que já falei em outro post. Esse, deixa a pele sem manchas e dá para intercalar à noite, também.

proliftreg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De manhã:

Não esqueça de passar, pelo menos 2 vezes ao dia, protetor solar. No rosto, pescoço e colo. Antes do protetor, eu passo um serum micro-sculpting,

da Olay, que deixa a pele bárbara! Intercalo ( dia sim, dia não) com o Phloreting CF, da SkinCeuticals, um antioxidante de amplo alcance. Intercalo, também, com vitamina C E Ferulic, também  da SkinCeuticals. NÃO ESQUECER DE PASSAR NO PESCOÇO E NO COLO TAMBÉM!

serum

 

 

 

 

 

 

 

phi

 

 

 

 

 

 

 

 

ce

 

 

 

 

 

 

 

 

A pele do corpo também precisa de muita hidratação. Observe como fazer:

Pernas – Passe o creme do tornozelo até o joelho, com pouca pressão. Faça o mesmo nas coxas, com mais pressão em direção à virilha. Os braços, as costas e as pernas podem receber o mesmo produto. Mas é necessário levar em conta que os braços devem receber hidratação redobrada, pois estão mais expostos que outras partes do corpo.

Barriga – Fique de pé e massageie a barriga em sentido horário, em volta do umbigo. Depois, passe a mão com um pouco mais de pressão da cintura em direção a virilha.

Seios – Com um pouco de creme na ponta dos dedos, faça movimentos circulares de dentro para fora, repita três vezes em cada seio, delicadamente. Ajuda a prevenir a flacidez.

Bumbum – Faça movimentos circulares de fora para dentro e passe também na parte mais alta dos quadris.

Eu adoro esses cremes corporais:

saint

 

 

 

 

 

q10

 

 

 

 

 

 

 

Eau Thermale Avène Hydrance Optimale Cream Riche
Eau Thermale Avène Hydrance Optimale Cream Riche